Pesquisas

GESTÃO PÚBLICA E INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS CIDADES

Palavra Chave

Gestão Pública - Inserção Internacional - Governos Subnacionais - Integração Regional - Cidades Globais - Município de São Paulo - Barcelona - Buenos Aires

Equipe

Ana Maria Azevedo (a partir de 09/2006), Débora Figueiredo B. do Prado, Flávia Curvo Diniz, Gabriel Cepaluni, Joana Cabete Biava (04-08/2005), Karina Lilia Pasquariello Mariano, Kátia Cristina da Silva Izaías (a partir de 08/2007), Marcelo Fernandes de Ol

Instituições Financiadoras

CNPq – Bolsas IC e PQ (Processos 50.2776/2004-8 e 30.0690/04-5); 2) FAPESP – Projeto Temático (Processo 03/12953-0)

Instituições Colaboradoras

PUC-SP, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, San Tiago Dantas, da Unesp, Unicamp e PUC-SP, FGV-SP

Período de Vigência

08/2004-07/2007 (Bolsa IC); 03/2005-02/2008 (Bolsa PQ); 2) 01/2005-12/2007 (prorrog. p/10/2008)

Resumo

A pesquisa dá prosseguimento a estudo anterior, intitulado “Gestão pública estratégica de governos subnacionais frente aos processos de inserção internacional e integração regional”. Naquele projeto verificou-se que houve, durante as últimas décadas, uma mudança estrutural nas relações internacionais que possibilitou ações externas de esferas governamentais regionais. Constatou-se, subsidiariamente, que as esferas governamentais locais destacavam-se nesse aspecto, o que estimulou a que se pensasse em estudá-las. Assim, esta pesquisa objetiva analisar o que foi feito e o que está sendo feito pelo Município de São Paulo para alcançar maior inserção internacional e regional, de modo a usufruir as vantagens decorrentes desse reposicionamento (maior aporte de capitais, turistas, consumidores, facilidades urbanas, novas tecnologias, lazer e cultura) (Somekh, 1993). Mas tem também em vista as hipóteses que foram arroladas no projeto: de que há um espaço no plano das relações internacionais para inclusão de atores subnacionais de dimensões locais. De fato, as cidades, por meio das redes que formaram, são influentes em muitos foros de decisão multilateral, notadamente na União Europeia. Considera-se que o estudo dessa dimensão venha a contribuir para a compreensão do cenário em que se desenvolvem as ações das cidades, na busca por afirmação internacional. Objetivando o estudo comparativo do que vem sendo desenvolvido na atual gestão paulistana com outras iniciativas locais, esta pesquisa deverá centrar-se nas experiências de Barcelona e Buenos Aires, ainda que outros casos possam vir a ser considerados para ajudar a compreender aspectos específicos das relações internacionais desenvolvidas por governos municipais no meio local expandido.

Relatórios de pesquisa: 

VIGEVANI, Tullo (coord.); WANDERLEY, Luiz Eduardo; NOGUEIRA, Marco Aurélio; KEINERT, Ruben César; BARRETO, Maria Inês; OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de; MARIANO, Marcelo Passini; RAICHELIS, Raquel (coord. técn.) et al. Gestão pública e inserção internacional das cidades. São Paulo: Cedec/Unesp/PUC-SP/FGV-SP, fev. 2006, 411p. (1° Relatório Científico para a FAPESP) (D)

 

VIGEVANI, Tullo (coord.); WANDERLEY, Luiz Eduardo; NOGUEIRA, Marco Aurélio; BARRETO, Maria Inês; MARIANO, Karina Lilia Pasquarello; MARIANO, Marcelo Passini; RAICHELIS, Raquel (coord. técn.) et al. Gestão pública e inserção internacional das cidades. São Paulo: Cedec/Unesp/PUC-SP/FGV-SP, jul. 2007, 562p. e Anexos (2° Relatório Científico para a FAPESP) (D)

 

VIGEVANI, Tullo. Gestão pública e inserção internacional das cidades. São Paulo, abr. 2008, 173p. (Relatório final da Bolsa de Produtividade em Pesquisa para o CNPq) (D)

 

VIGEVANI, Tullo (coord.); BARRETO, Maria Inês; WANDERLEY, Luiz Eduardo; RAICHELIS, Raquel NOGUEIRA, Marco Aurélio (coord. técn.) et al. Gestão pública e inserção internacional das cidades. São Paulo: Cedec/Unesp/PUC-SP, nov. 2008, 1024p. (Relatório final para a FAPESP) (D)

Trabalhos Produzidos

CINTRA, Rodrigo. “Atuação internacional das cidades e OMC”. Revista Autor, ano V, nº 53, nov. 2005 (Política) (ISSN 1677-3500)

CINTRA, Rodrigo. “Atuação internacional das cidades: origens e objetivos”. Revista Autor, ano V, n° 54, dez. 2005 (Especial: Política Externa) (ISSN 1677-3500) (D)

DUPAS, G.; OLIVEIRA, M. F “A União Sul-Americana de Nações: oportunidades econômicas e entraves políticos”. In: AYERBE, Luis Fernando (org.). Novas lideranças políticas e alternativas de governo na América do Sul. São Paulo: Editora Unesp, 2008 (ISBN 978-85-7139-830-6)

MARIANO, Karina Lilia Pasquariello. “Globalização, integração e o Estado”. Lua Nova, nº 71, 2007, pp. 123-168 (ISSN 0102-6445) (D) Versão em PDF

MARIANO, Karina Lilia Pasquariello; MARIANO, Marcelo Passini. “A formulação da política externa brasileira e as novas lideranças políticas regionais”. Revista Perspectivas, nº 33, 2008 (ISSN 1984-0241)

MARIANO, Karina Lilia Pasquariello. “Nova perspectiva de análise teórica para o Mercosul”. In: SENHORAS, Eloi M.; GALVÃO, Thiago G. Novas proposições em relações internacionais: Regiões em um mundo fragmentado (vol. 2). Boa Vista: Editora da UFRR, 2009

MARIANO, Marcelo Passini. “Democracia y participación de la sociedad civil en los procesos de integración - metodología y consideraciones”. In: Cumbre por la Amistad e Integración de los Pueblos Iberoamericanos, Santiago, 2007

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “A internacionalização dos governos estatais e municipais. Anais do XI Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais - Tecnologia e Inovação. Campinas: ENERI, 2006

RAICHELIS, Raquel. “Gestão pública e a questão social na grande cidade”. Lua Nova, n° 69, 2006, pp. 13-48 (ISSN 0102-6445) (D) Versão em PDF

RAMANZINI JÚNIOR, H.; VIGEVANI, Tullo. “Autonomia e integração regional no contexto do Mercosul. Uma análise considerando a posição do Brasil”. Observatorio Social de América Latina, vol. XI, nº 27, abr. 2010, pp. 45-63 (ISSN 1515-3282)

SALA, José Blanes; GASPAROTO, Ana L. (orgs.). Relações Internacionais. Polaridades e novos/velhos temas emergentes. Marilia: Unesp-Oficina Universitária, 2010, 240p.

SALA, José Blanes (org.). O município e as relações internacionais: aspectos jurídicos. São Paulo: EDUC, 2009, 272p. (ISBN 978-85-283-0405-3) (D)

VIGEVANI, Tullo; OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “América Latina: vulnerabilidade social e instabilidade democrática”. In: DUPAS, Gilberto (coord.). América Latina no início do século XXI. Perspectivas econômicas, sociais e políticas. Rio de Janeiro: Fundação Konrad Adenauer/São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 2005, pp. 193-253 (ISBN 85-7504-082-0, Konrad; 85-7139-596-9, Unesp) (D); versão em espanhol: “América Latina: vulnerabilidad social e instabilidad democrática”. In: DUPAS, Gilberto (coord.).América Latina a comienzos del siglo XXI. Perspectivas económicas, sociales y políticas. Rosario: Homo Sapiens Ediciones, 2005, pp. 203-266 (ISBN 950-808-469-3) (D)

VIGEVANI, Tullo. “Integración y sociedades subnacionales”. Mercosurabc, 07/07/05, pp. 1-4. Disponível em: http://www.mercosurabc.com.ar/nota.asp?IdNota=418&IdSeccion=7 (D)

VIGEVANI, Tullo; MARIANO, Marcelo Passini. A ALCA e a política externa brasileira. São Paulo: Cedec, 2005, 40p. (Cadernos Cedec, n° 74) (ISSN 0101-7780) (D); também publicado em: OLIVEIRA, Henrique Altemani de; LESSA, Antônio Carlos (orgs.). Relações Internacionais do Brasil: temas e agendas. Vol. 1. São Paulo: Saraiva, Instituto Brasileiro de Relações Internacionais (IBRI), 2006, pp. 321-356 (ISBN 85-02-06042-2) Versão em PDF

VIGEVANI, Tullo. “Federalismo e relações internacionais: marco jurídico e institucional. Algumas experiências”. In: CARVALHO, Maria Izabel Valladão de; CASTRO E SANTOS, Maria Helena de (orgs). O século 21 no Brasil e no mundo. Bauru: Edusc, 2006, pp. 237-272 (ISBN 85-7460-320-1)

VIGEVANI, Tullo. “Os novos paradoxos latino-americanos”. Política Externa, vol. 14, n° 4 mar./maio 2006, pp. 7-17 (ISSN 1518-6660); também publicado em: CORSI, Francisco Luiz; CAMARGO, José Marangoni; PIRES, Marcos Cordeiro; VIEIRA, Rosângela de Lima (orgs.). Economia, sociedade e relações internacionais. Londrina: Práxis/Bauru: Canal 6, 2006, pp. 85-100 (ISBN 85-99728-12-1); publicado ainda em: SARTI, Ingrid (org.). Ciência, política e sociedade: as ciências sociais na América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS e Editora Sulina, 2007, pp. 17-33 (ISBN 978-85-205-0503-8; ISBN 978-85-7025-972-1)

VIGEVANI, Tullo. “Problemas para a atividade internacional das unidades subnacionais: estados e municípios brasileiros”. Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 21, n° 62, out. 2006, pp. 127-139 (ISSN 0102-6909) (D)

VIGEVANI, Tullo. “Problemas para a atividade internacional das unidades subnacionais: São Paulo e o contexto brasileiro”. In: VIGEVANI, Tullo; WANDERLEY, Luiz Eduardo; CINTRA, Rodrigo. Ação internacional das cidades no contexto da globalização. São Paulo: Cedec/PUC-SP, abr. 2006, pp. 12-29 (Edição especial Cedec/PUC-SP) (Cadernos Cedec, n° 80) (ISSN 0101-7780)

VIGEVANI, Tullo; WANDERLEY, Luiz Eduardo; CINTRA, Rodrigo. Ação internacional das cidades no contexto da globalização, abr. 2006, 78p. (Edição especial Cedec/PUC-SP) (Cadernos Cedec, n° 80) (ISSN 0101-7780) (D) Versão em PDF

VIGEVANI, Tullo; CEPALUNI, Gabriel. “Lula’s foreign policy and the quest for autonomy through diversification”. Third World Quarterly, vol. 28, nº 7, 2007, pp. 1309-1326 (ISSN 0143-6597 e ISSN 1360-2241 online); versão em português: “A política externa de Lula da Silva: a estratégia da autonomia pela diversificação”. Contexto Internacional, vol. 29, nº 2, jul./dez. 2007, pp. 273-335 (ISSN 0102-8529)

VIGEVANI, Tullo; MARIANO, Marcelo Passini. “El ALCA y la política exterior brasileña”. In: VALENCIA, Alberto Rocha; CORONADO, Jaime Preciado (coords.). Proyectos y estrategias de integración: América Latina y el Caribe en el contexto de América del Norte y Europa. Guadalajara: Centro Universitário de Ciencias Sociales y Humanidades, Editora Universidad de Guadalajara, 2008, pp. 495-526 (ISBN 978-970-27-1401-9)

VIGEVANI, Tullo; FAVARON, Gustavo de Mauro; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo; CORREIA, Rodrigo Alves. “O papel da integração regional para o Brasil: universalismo, soberania e percepção das elites”. Revista Brasileira de Política Internacional, vol. 51, nº 1, 2008, pp. 5-27 (ISSN 0034-7329)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo; CORREIA, Rodrigo Alves. “Relação entre política doméstica e integração regional: uma interpretação do Brasil no governo Lula da Silva”. In: AYERBE, Luis Fernando (org.). Novas lideranças políticas e alternativas de governo na América do Sul. São Paulo: Editora Unesp e Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, San Tiago Dantas, da Unesp, Unicamp e PUC-SP, 2008, pp. 83-115 (ISBN 978-85-7139-830-6)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo. “The influences of changes on international political economy for new Brazilian regional integration perceptions”. World International Studies Committee 2nd Global International Studies Conference, 2008, Ljubljana - Eslovênia. Die Hard: Why do Regional Trade Agreements Endure?, 2008

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo. “Brasil en el centro de la integración. Los cambios internacionales y su influencia en la percepción brasileña de la integración”. Nueva Sociedad, nº 219, ene./feb. 2009, pp. 76-96 (ISSN 0251-3552) (Disponível em www.nuso.org)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo; FAVARON, Gustavo de Mauro. “Dificuldades e potencialidades da integração regional na perspectiva da política exterior do Brasil”. In: ALFONSO, Laneydi Martinez; PEÑA, Lázaro, VAZQUEZ, Mariana (coords.). Anuario de la integración regional de América Latina y el Gran Caribe, nº 7, año 2008-2009. Buenos Aires: Coordinadora Regional de Investigaciones Económicas y Sociales (CRIES), CEGRE, CIEI, CIEM, CRIES, 2009, pp. 163-180 (ISBN 980-317-196-8; ISSN 1317-0953)

VIGEVANI, Tullo; PRADO, Débora Figueiredo B. “Ações e problemas da paradiplomacia no Brasil”. In: SALA, José Blanes; GASPAROTO, Ana Lúcia (orgs.). Relações internacionais: polaridades e novos/velhos temas emergentes. Marília: Oficina Universitária/Unesp, CAPES, 2010, pp. 25-54 (ISBN 978-85-60810-21-5); versão em espanhol: “Acciones y problemas de la paradiplomacia en Brasil”. In: MAIRA, Luis (ed.). La política internacional subnacional en América Latina. Buenos Aires: Libros Del Zorzal (CIDE, Universidad Torcuato di Tella, Gobierno de Chile 2009), 2010, pp. 177-207 (ISBN 978-98-7599-169-9)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo. “Mudanças na América Latina e a inserção brasileira”.Anuario de la Integración Regional de América Latina y el Gran Caribe 2010. Buenos Aires: Coordinadora Regional de Investigaciones Económicas y Sociales (CRIES), CEGRE-Argentina, CEHSEU-Cuba, IEEI/Unesp-Brasil, nº 8, 2010, pp. 63-76 (ISSN 1317-0953; ISBN 980-317-196-8)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo. “O Mercosul e seu Parlamento: uma análise sobre a evolução do projeto de integração”. In: FISCHER-BOLLIN, Peter (org.). Anuário Brasil–Europa 2009. Rio de Janeiro: Konrad Adenauer Stiftung, 2010, pp. 27-37 (ISSN 2175-0483)

VIGEVANI, Tullo; RAMANZINI JÚNIOR, Haroldo. “Pensamento brasileiro e integração regional”. Contexto Internacional, vol. 32, nº 2, jul./dez. 2010 (ISSN 0102-8529)

WANDERLEY, Luiz Eduardo; VIGEVANI, Tullo (orgs.). Governos subnacionais e sociedade civil: integração regional e Mercosul. São Paulo: EDUC/EdUnesp/FAPESP, 2005, 331p. (ISBN 85-283-0320-9 EDUC e 85-7139-630-2 Unesp)  (D)

WANDERLEY, Luiz Eduardo W. “São Paulo no contexto da globalização”. Lua Nova, n° 69, 2006, pp. 173-203 (ISSN 0102-6445) (D) Versão em PDF

WANDERLEY, Luiz Eduardo W.; RAICHELIS, Raquel (orgs.). A cidade de São Paulo – Relações internacionais e gestão pública. São Paulo: EDUC, 2009, 296p. (ISBN 978-85-283-0400-8) (D)

Teses/dissertações defendidas:

MARIANO, Marcelo Passini. A política externa brasileira, o Itamaraty e o Mercosul. Sociologia, Unesp, 2007 (Tese de doutorado)

 

 

Prêmio(s):
Concurso de Ensayos sobre Integración Regional ALADI 2010; prêmio concedido a LUÍS RODOLFO CRUZ E CREUZ (orientando de Andrei Koerner no mestrado em Relações Internacionais da Unicamp) pelo trabalho “Organizações internacionais de integração e cooperação econômica”

 

@ 2017 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados