Pesquisas

MERCOSUL: a emergência de uma nova sociedade

Palavra Chave

Mercosul – Integração Regional – Globalização

Equipe

Karina Lilia Pasquariello Mariano, Marcelo Fernandes de Oliveira (pesquisadores); Gabriela Marina Pasquariello (08/1997-02/2000), Ricardo Glöe Mendes (08-11/1999), Rodrigo Alves Correia (12/1999-07/2001), Tânia dos Santos Hernandes (03/2000-07/2001) (bols

Instituições Financiadoras

CNPq - Projeto Integrado (Processo 523814/95-0(NV)

Instituições Colaboradoras

08/1997-07/1999 (1ª fase) e 08/1999-07/2001 (2ª fase)

Resumo

Os objetivos da pesquisa foram: a) identificar processos e formas de integração no espaço do Mercosul nos planos econômico, social e cultural; b) identificar processos e formas de integração no plano político-administrativo, nas esferas decisórias interestatais e nos planos sub-regionais; c) construir cenários que identifiquem formas alternativas de domínio político no âmbito do Mercosul, formas de domínio em que os Estados nacionais formadores jogarão papéis mais ou menos importantes (Confederação, Condomínio, Federação, Estado Unitário Supranacional, segundo a formulação de Schmitter).
Relatórios de pesquisa: 

VIGEVANI, Tullo (coord.). Mercosul: a emergência de uma nova sociedade. São Paulo: Cedec, fev. 1999, 158p. (Relatório parcial da primeira fase) (D)

 

VIGEVANI, Tullo (coord.). Mercosul: a emergência de uma nova sociedade. São Paulo: Cedec, ago. 1999, 324p. (Relatório final da primeira fase) (D)

 

VIGEVANI, Tullo (coord.). Mercosul: a emergência de uma nova sociedade. São Paulo: Cedec, fev. 2001, 151p. (Relatório de andamento da segunda fase) (D)

 

VIGEVANI, Tullo (coord.). Mercosul: a emergência de uma nova sociedade. São Paulo: Cedec, ago. 2001, 170p. (Relatório final da segunda fase) (D)

 

Trabalhos Produzidos

MARIANO, Karina Lilia Pasquariello. Integração regional do Cone Sul: os partidos políticos e as centrais sindicais do Brasil. Campinas: IFCH/Unicamp, abr. 2001 (Tese de doutorado)

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “A Comissão Parlamentar Conjunta e o processo decisório no Mercosul”.Revista de Iniciação Científica da Faculdade de Filosofia e Ciências (Unesp), vol. 2, n° 1, jan./jul. 2000, pp. 32-48

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “Mercosul: a atuação dos partidos políticos e dos parlamentares brasileiros”. I Encontro do Fórum Universitário Mercosul. Anais... , Rio de Janeiro: UERJ, 08-10/11/2000

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. Mercosul: atores políticos e grupos de interesses brasileiros. São Paulo: Editora Unesp, 2003, 209p. (ISBN 85-7139-453-9) (D) Versão em PDF

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “Atores políticos e parlamento brasileiro no Mercosul”. Revista Leviatã, vol. 1, 2004, pp. 231-251

OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “Atores políticos e grupos de interesses no Mercosul”. In: GOMES, Eduardo Biacchi; REIS, Tarcísio Hardman (orgs). Globalização e o comércio internacional no direito da integração. São Paulo: Aduaneiras, 2005, pp. 107-135 (ISBN 85-7129-449-6) (D)

VIGEVANI, Tullo. “Crise Brasil-Argentina: questões políticas”. Revista Brasileira de Comércio Exterior, ano XIII, nº 53, out./dez. 1997, pp. 16-20

VIGEVANI, Tullo; MARIANO, Karina L. Pasquariello. “Os atores sociais e a ALCA”. In: ALBUQUERQUE, José Augusto Guilhon (org.). Relações internacionais e sua construção jurídica: aspectos históricos, jurídicos e sociais. São Paulo: FTD, 1998, pp. 72-102 (Coleção Juristas da Atualidade, Série ALCA, vol. 1) (D)

VIGEVANI, Tullo; MARIANO, Karina L. Pasquariello; OLIVEIRA, Marcelo Fernandes de. “Democracia e atores políticos no Mercosul”. In: LIMA, Marcos Costa; MEDEIROS, Marcelo de Almeida (orgs.). O Mercosul no limiar do século XXI. São Paulo: Cortez/Clacso, 2000 (328p.), pp. 250-285 (D); também publicado em LAREDO, Íris M. (comp.). Estado, mercado y sociedad en el Mercosur: pautas para su viabilización (vol. VII). Rosario: Editorial de la Universidad Nacional de Rosario, 2000, pp. 79-122; em Cenários – Revista do Grupo de Estudos Interdisciplinares sobre Cultura e Desenvolvimento, n° 2, 2000, pp. 201-246; em SIERRA, Gerónimo de (comp.). Los rostros del Mercosur. El difícil camino de lo comercial a lo societal. Buenos Aires: Clacso, abr. 2001, pp. 183-228 (D); versões em inglês: “Mercosur: democracy and political actors”. In: PREVOST, Gary; CAMPOS, Carlos Oliva (eds.). Neoliberalism and neopanamericanism: the view from Latin America. New York: Palgrave MacMillan, 2002, pp. 239-275 (D); em DOMÍNGUEZ, Francisco; OLIVEIRA, Marcos Guedes de (orgs.). Mercosur: between integration and democracy. Berna: Peter Lang AG – European Academic Publishers, 2004, pp. 97-140 (ISBN 39-067-6983-6)

VIGEVANI, Tullo. “Questões políticas no Mercosul (Brasil e Argentina): crise ou aprofundamento”. In: CATANI, Afrânio Mendes (org.). América Latina: impasses e alternativas. São Paulo: Humanitas/FFLCH-USP/Prolam, 2000, pp. 191-213

VIGEVANI, Tullo. “The legal and institutional framework for the international management of subnational government players in Brazil”. Integration & Trade, vol. 8, n° 21, July/Dec. 2004, pp. 25-43 (ISSN 1027-5703); versão em espanhol: “El marco jurídico e institucional para la gestión internacional de los actores subnacionales gubernamentales en Brasil”. Integración & Comercio, vol. 8, n° 21, jul./dic. 2004, pp. 27-46 (ISSN 1026-0463) (D) Versão em PDF

Teses/dissertações defendidas:

MARIANO, Karina L. Pasquariello. Integração regional do Cone Sul: os partidos políticos e as centrais sindicais do Brasil.Campinas: IFCH/Unicamp, abr. 2001 (Tese de doutorado)

 

@ 2018 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados