Pesquisas

O sindicalismo corporativo no Brasil: fatores de persistência, possibilidades de mudança

Palavra Chave

Estrutura Sindical – Movimento Sindical – Organização Sindical – Relações de Trabalho – Direitos Trabalhistas – Negociações Coletivas – Ministério do Trabalho – Brasil

Instituições Financiadoras

FINEP (Convênio 43.90.0245.00)

Período de Vigência

02/1990-01/1992

Resumo

A pesquisa tem como objetivo o estudo da estrutura sindical brasileira e das funções que exerce na organização das relações entre as classes sociais, mais especificamente na organização das relações entre empregadores, de um lado, e os empresários e o Estado, de outro. Ela se constitui de duas etapas: 1) levantamento de dados não apenas das entidades representativas dos empregados e empregadores, mas também dos órgãos públicos que formam o sistema de relações de trabalho e que interferem nas relações entre o capital e o trabalho: Ministério do Trabalho, Delegacias Regionais, Tribunais etc.; 2) análise do funcionamento das entidades nos seguintes níveis: a) nas relações que mantêm com seus representados; b) nas relações que mantêm entre si; c) nas relações que mantêm com os poderes públicos, especialmente com o Ministério do Trabalho e com a justiça trabalhista.

Relatórios de pesquisa: 

CEDEC. Projeto “Brasil 90: Sociedade e Política”. São Paulo: Cedec, fev. 1994 (Relatório final, que consistiu no envio à Finep da relação de seminários realizados e de trabalhos publicados no âmbito do Programa)(D)

RODRIGUES, Leôncio Martins; Castro, Maria Silvia Portella de; Sochaczewski, Suzana e Rodrigues, Iram Jácome. Retrato da CUT. São Paulo: CUT, 1990 (Relatório de pesquisa)

RODRIGUES, Leôncio Martins (coord.). O sindicalismo corporativo no Brasil: fatores de persistência, possibilidades de mudança. São Paulo: Cedec, jul. 1991 (Relatório parcial) (D)

Trabalhos Produzidos

RODRIGUES, Leôncio Martins. “La composition sociale des dirigentes du Parti des Travailleurs”. Problèmes d’Amérique Latine, Paris, nº 93, 3° trimestre de 1989; também publicado como: “La composition sociale des cercles dirigeantes du Parti des Travailleurs”. In: Pécaut, Daniel e Sorj, Bernardo (orgs.).Métamorphoses de la représentation politique au Brésil et en Europe. Paris: Éditions du CNRS, 1991, pp. 271-292

RODRIGUES, Leôncio Martins. “A transição democrática e a formação do PT”. Moscou: Instituto da América Latina, Academia de Ciências da URSS, 1990, pp. 173-193

RODRIGUES, Leôncio Martins. “Il sindicalismo brasiliano negli anni ottanta”. Roma: Andes, n° 11, 1991, pp. 69-90

RODRIGUES, Leôncio Martins. “Novo cenário para o sindicalismo brasileiro”. In: Velloso, João Paulo dos Reis (org.). Condições para a retomada do desenvolvimento. São Paulo: Nobel, 1991, pp. 185-196 (ISBN 85-213-0685-7) (D)

RODRIGUES, Leôncio Martins. “As tendências políticas na formação das Centrais Sindicais”. In: Boito Jr., Armando (org.). O sindicalismo brasileiro nos anos 80. São Paulo: Paz e Terra, 1991, pp. 11-42(D) Versão em PDF

RODRIGUES, Leôncio Martins (coord.); CASTRO, Maria Silvia Portella de; SOCHACZEWSKI, Suzanna; RODRIGUES, Iram Jácome (pesqs.). Retrato da CUT – Delegados do 3° CONCUT, representação nas categorias. São Paulo: CUT, 1991, 77p. (Monografia sobre pesquisa realizada para a CUT) (D)

@ 2017 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados