Pesquisas

Resposta sindical e dos trabalhadores à incorporação do progresso técnico nos setores bancário, metal-mecânico e petroquímico

Palavra Chave

Automação – Novas Tecnologias – Negociações Coletivas – Sindicatos – Relações de Trabalho – Processos de Trabalho – Setor Bancário – Setor Metalúrgico – Setor Petroquímico

Instituições Financiadoras

NOVIB (Convênio BRA-005-87-033/M)

Período de Vigência

01/1988-09/1991

Resumo

A pesquisa tem por objetivo conhecer a capacidade de resposta sindical em face da introdução de nova tecnologia no setor de ponta da indústria brasileira, em especial a automação, e armar os sindicatos e os trabalhadores de conhecimentos técnicos, científicos e políticos para reagirem a essa questão. Além da análise de documentos oficiais dos sindicatos, a pesquisa se desenvolve com base em entrevistas abertas, de natureza qualitativa, com trabalhadores da área bancária, metalúrgica e petroquímica de alguns setores estratégicos da economia do país. Mas, além disso, em seminários especiais com lideranças e bases sindicais para discutir o planejamento, o desenvolvimento e os resultados da pesquisa.

Trabalhos Produzidos

NEDER, Ricardo Toledo; ABRAMO, Laís Wendel; SOUZA, Nair Heloisa Bicalho de; DIAZ, Alvaro; FALABELLA, Gonzalo; SILVA, Roque Aparecido da. Automação e movimento sindical no Brasil. São Paulo: Hucitec/Cedec/OIT/PNUD/IPEA, 1988, 270p. (D)

@ 2017 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados