Pesquisas

A democratização das relações de trabalho: um estudo de caso

Palavra Chave

Abertura Política – Democratização – Relações de Trabalho – Indústria – Participação Política – Participação Sindical – ABC Paulista

Instituições Financiadoras

1) FINEP (Convênio 43.87.0957-00); 2) NOVIB (Convênio BRA-005-87-033/M)

Período de Vigência

1) 10/1987-09/1989; 2) 01/1988-09/1991

Resumo

O objetivo é o estudo das mudanças ocorridas nas relações de trabalho de uma grande empresa multinacional do setor metalúrgico do ABC paulista. Trata-se de verificar até que ponto o processo de abertura política, iniciado com o fim do AI-5, repercutiu no interior das empresas, contribuindo para a democratização das relações de trabalho. A hipótese é de que a passagem de um sistema nacional autoritário para outro, democrático e pluripartidário, coincidiu com as mudanças que afetaram a própria força de trabalho, quanto à sua qualificação educacional e profissional e quanto à modernização dos seus hábitos e valores. A pesquisa estuda a participação política e sindical dos empregados (horistas, pessoal de escritório e supervisores de produção); estuda também a participação dos trabalhadores (através da Comissão de Empresa e do sindicato) no sistema de decisão das empresas.

 

Relatórios de pesquisa: 

CEDEC. A democracia no Brasil: problemas e possibilidades. São Paulo, jul. 1989, 60p. (Relatório preliminar)(D)

Trabalhos produzidos:

RODRIGUES, Leôncio Martins. "O poder sindical na nova Constituição". In: Os direitos sociais e trabalhistas na Constituição de 1988. RH Especial, São Paulo, out. 1988, pp. 47-53

RODRIGUES, Leôncio Martins. "Os sindicatos na nova Constituição". In: Marchese, Osmar de Oliveira (org.).Análise da nova Constituição federal ao término do primeiro turno de votação. Campinas: Unicamp, jul. 1988, pp. 33-40

RODRIGUES, Leôncio Martins. “Lenin: o partido, o Estado e a burocracia”. Lua Nova, São Paulo: Cedec, nº 15, out. 1988, pp. 82-104 (ISSN 0102-6445) (D)

RODRIGUES, Leôncio Martins. “Brasile: leadership y ideologia del PT”. Revista Andes, Roma, nº 5, abr. 1989, pp. 73-92

RODRIGUES, Leôncio Martins. “La composition sociale des dirigentes du Parti des Travailleurs”. Problèmes d’Amérique Latine, Paris, nº 93, 3° trimestre de 1989; também publicado como: “La composition sociale des cercles dirigeantes du Parti des Travailleurs”. In: Pécaut, Daniel e Sorj, Bernardo (orgs.).Métamorphoses de la représentation politique au Brésil et en Europe. Paris: Éditions du CNRS, 1991, pp. 271-292

RODRIGUES, Leôncio Martins. “O poder sindical na nova Constituição brasileira”. Debate Laboral (Revista Americana e Italiana de Derecho del Trabajo), San Jose (Costa Rica), ano II, nº 3, 1989, pp. 211-219

RODRIGUES, Leôncio Martins. “O sindicalismo nos anos 80: um balanço”. São Paulo em Perspectiva, São Paulo: Fundação Seade, vol. 4, nº 1, jan./mar. 1990, pp. 11-19 (D) Versão em PDF

RODRIGUES, Leôncio Martins. Partidos e sindicatos. Escritos de Sociologia Política. São Paulo: Ática, 1990, 151p. (ISBN 85-08-03584-5)(D) Versão em PDF

 

@ 2017 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados