Pesquisas

Movimentos sociais rurais e a problemática da reforma agrária

Palavra Chave

Movimentos Sociais – Trabalhadores Rurais – Conflitos Sociais – Reforma Agrária – Posse da Terra – Estado de São Paulo – Paraíba

Equipe

Maria Isabel Vieira Botelho, Moacyr Rodrigues Botelho, Iolanda Huzak Furini Andreato; estagiário: Gadiel Perruci

Instituições Financiadoras

Fundação Ford (Convênio 800-0820)

Período de Vigência

10/1980-10/1982

Resumo

A pesquisa definiu-se em duas vertentes: a) a luta dos camponeses pela posse da terra na Paraíba; e b) a luta dos trabalhadores assalariados temporários – forma tendencialmente predominante do processo de proletarização no campo – pelos direitos trabalhistas, em São Paulo. A escolha dessas duas situações está ligada à preocupação central do projeto, qual seja, a necessidade de compreender a forma específica pela qual se combinam categorias de trabalhadores rurais, estruturalmente tão diferenciadas – assalariados e camponeses – na organização da classe trabalhadora rural como um todo. Em outras palavras, procura-se captar as mediações através das quais os trabalhadores rurais, a partir de problemas que vão desde a luta pela posse da terra até a demanda por direitos legais trabalhistas, se unem pela defesa da Reforma Agrária.

Relatórios de pesquisa: 

CEDEC. Cidadania e participação social. São Paulo, dez. 1981, 26p. (1º relatório de pesquisa correspondente ao período 10/80-10/81) (D)

CEDEC. Cidadania e participação social. São Paulo, dez. 1982, 8p. (2º relatório de pesquisa correspondente ao período 10/81-10/82) (D)

Trabalhos Produzidos

CARVALHO, Abdias Vilar de. “A questão Nordeste no Estado nacional”. Temas de Ciências Humanas, São Paulo, vol. 7, 1980, pp. 98-113

CARVALHO, Abdias Vilar de. “Nordeste - enxada e apanhadeira: a modernização conservadora”. In:Seminário Internacional sobre disparidade regional: estudo comparativo entre o Nordeste do Brasil e o Mezzogiorno da Itália. Recife: SUDENE, 1981, pp. 251-259

CARVALHO, Abdias Vilar de. “A viabilidade da reforma agrária”. In: Carvalho, Abdias Vilar de e D’Incao, Maria Conceição (orgs.). Reforma agrária: significado e viabilidade. Petrópolis: Vozes/Cedec, 1982, pp. 115-119 (Coleção Estudos Latino-Americanos “Nuestra América”) (D)

CARVALHO, Abdias Vilar de; D’INCAO, Maria Conceição (coords.). Reforma agrária: significado e viabilidade. Petrópolis: Vozes/Cedec, 1982, 157p. (Coleção Estudos Latino-Americanos “Nuestra América”) (D)

CARVALHO, Abdias Vilar de. “A Igreja Católica e a questão agrária: análise de suas declarações no período 1950-1964”. Revista de Cultura e Política, São Paulo: Cedec, n° 8, jun. 1982, pp. 73-89 (D); também publicado como “A Igreja Católica e a questão agrária”. In: Paiva, Vanilda (org.). Igreja e questão agrária. São Paulo: Edições Loyola, 1985, pp. 68-109 (D) Versão em PDF

D’INCAO, Maria Conceição; BOTELHO, Moacyr Rodrigues. “Movimento social e movimento sindical entre os assalariados temporários da agroindústria canavieira no Estado de São Paulo”. In: SADER, Emir (org.).Movimentos sociais na transição democrática. São Paulo: Cortez, 1987, pp. 53-81 (ISBN 85-249-0083-0)(D) Versão em PDF

@ 2017 Cedec - Centro de Estudos de Cultura Contemporânea. Todos os direitos reservados